Alemanha sai atrás, mas bate Suécia de virada e mantém grupo F aberto

Sochi – A Alemanha flertou neste sábado com a “maldição do campeão” e a eliminação precoce na Copa do Mundo, mas, em jogo marcado pela redenção do meia Toni Kroos, venceu a Suécia de virada por 2 a 1, mesmo com um homem a menos em campo e manteve aberto o grupo F da Copa do Mundo.

O placar da partida, disputada no Estádio Olímpico Fisht, em Sochi, foi aberto pelo atacante Ola Toivonen, aos 32 minutos do primeiro tempo, depois de improvável erro de passe do camisa 8, que originou o lance do gol.

Encurralados pela derrota na estreia, diante dos mexicanos, os alemães vieram para a etapa final em ritmo acelerado e marcaram logo aos 3, com o meia-atacante Marco Reus. Depois, criaram inúmeras oportunidades, mas esbarraram no goleiro Robin Olsen e na própria falta de pontaria.

A partir dos 37 do segundo tempo, os vencedores da edição da Copa disputada há quatro anos, no Brasil, ainda ficaram com um homem menos, devido a expulsão do zagueiro Jérome Boateng, que recebeu segundo amarelo após falta dura no atacante Marcus Berg.

Incansável, a equipe alemã conseguiu a virada aos 50 da etapa final, com Kroos, em falta cobrada em dois toques.

Com a vitória, os tetracampeões chegaram aos três pontos, igualando os suecos, em empate que também se estende ao saldo de gols e aos gols marcados pelas duas seleções, os dois primeiros critérios de desempate da competição.

A Alemanha enfrentará na próxima quarta-feira a Coreia do Sul, que está zerada na chave, em Ecaterimburgo. Os nórdicos, por sua vez, terão que duelar com o México, que está na liderança isolada, com seis pontos.

Fonte:Exame

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © GUIA WEST - Sistema de Guia Comercial