Após demissão da Globo, jornalista diz que foi punida por ficar doente

São Paulo – Nesta segunda-feira, dia 5, a jornalista Izabella Camargo foi demitida pela Globo ao retornar de licença médica após desenvolver sintomas de estresseprofissional, uma doença conhecida como síndrome de burnout.

Ela era apresentadora da previsão do tempo dos programas Hora 1 e do Bom Dia Brasil desde 2014. Seu turno na Globo começava às 3h da madrugada, ela fazia quatro entradas durante o primeiro programa e ficava até 20 minutos dando as informações de meteorologia. E também participava do segundo programa.

Izabella ficou chocada com a demissão e sente que está sendo punida por ter ficado doente. “Quando voltei, fiquei confusa, ainda não sei a razão da demissão”, conta ela.

Ao site EXAME, ela falou que quatro médicos acompanharam sua saúde e que buscou tratamentos paliativos para sintomas que surgiram pelos anos, como acupuntura, yoga e meditação.

Segundo ela, a doença está relacionada com o horário de trabalho na emissora. Ela chegou a pedir para mudar seu turno, mas não teve o pedido atendido. E em agosto, ela sofreu um apagão ao vivo, enquanto falava com o apresentador José Roberto Burnier, âncora do Em Ponto.

“Todos os laudos médicos diziam a mesma coisa. O que eu estava sentindo fisicamente foi provocado frequência de trabalho naquele horário e meu corpo estava pedindo ajuda. Foram seis anos na madrugada e a casa [Globo] tem todos esses laudos. Estava muito feliz em voltar, pois honro meu trabalho”, comenta.

No mesmo dia, ela foi diagnosticada com burnout, com risco de convulsões, e seu médico a mandou pedir licença.

A síndrome de burnout é um esgotamento mental relacionado ao estresse e excesso de trabalho. Entre seus sintomas estão problemas de memória, fadiga, dores musculares, depressão, falta de apetite e problemas no sono.

Apesar a despedida difícil, a jornalista afirma que é muito grata à emissora e às pessoas com quem conviveu no tempo que passou na Globo. Agora, ela quer cuidar de sua recolocação no mercado e de sua saúde.

“Espero ajudar para que outras pessoas não tenham o que tive. Espero que cada pessoa possar pensar no seu tempo e na sua saúde e perceba se não está ultrapassando os seus próprios limites”, diz.

Procurada pelo canal do UOL, a Globo afirmou que a razão da demissão não tem relação com a licença médica, mas que não trata em pública suas relações com funcionários. O Site Exame solicitou um posicionamento oficial da emissora, mas ainda não recebeu resposta. Assim que recebermos as respostas, a matéria será atualizada.

Fonte:Exame

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © GUIA WEST - Sistema de Guia Comercial