Bolsonaro volta ao centro cirúrgico para operação de emergência

Brasília, 12 – O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) voltou agora à noite para o centro cirúrgico do hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde passa por um procedimento que não estava previsto.

Segundo divulgou o hospital, ele está sendo submetido a uma nova cirurgia para correção de aderências que obstruem o intestino delgado.

Durante a tarde desta quarta-feira (12), Bolsonaro teve náuseas e distensão abdominal. O paciente passou por uma tomografia, que apontou a obstrução.

Em boletim médico divulgado às 23h desta quarta-feira, 12, foi informado que o candidato continua internado na unidade de cuidados semi-intensivos e que “evoluiu agora com distensão abdominal progressiva e náuseas, foi submetido a uma Tomografia de abdômen que evidenciou presença de aderência obstruindo o intestino delgado. Foi indicado o tratamento cirúrgico, que está sendo realizado neste momento”.

No boletim da manhã, os médicos informaram a suspensão da alimentação oral por causa do surgimento da distensão abdominal (inchaço do abdômen provocado por ar e que é consequência da redução do movimento do intestino). Desde então, ele vinha recebendo alimentação pela veia.

O presidenciável foi operado na última quinta-feira (6) na Santa Casa de Juiz de Fora (MG), após ter sido atingido por uma facada durante ato de campanha na cidade.

Fonte:Exame

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © GUIA WEST - Sistema de Guia Comercial