Dado como morto em atentado, crítico de Putin reaparece na Ucrânia

Kiev – O jornalista russo Arkadi Babchenko, que tinha sido dado como morto na noite de terça-feira após um atentado, reapareceu nesta quarta-feira em entrevista coletiva em Kiev, capital da Ucrânia.

“Ainda sigo vivo”, disse o jornalista, que admitiu que cooperou nos últimos dois meses com o Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU, por sua sigla em ucraniano), em uma operação para evitar um atentado dos serviços secretos russos contra sua vida.

Segundo Vasyl Gritsak, diretor do SBU, o autor do suporto assassinato foi detido e o próprio Babchenko se ofereceu para participar da trama para conseguir neutralizar o atentado.

Babchenko é um jornalista e blogueiro russo que criticou abertamente o regime do presidente Vladimir Putin.

Em fevereiro de 2017, denunciou diversas ameaças contra ele e sua família e decidiu abandonar temporariamente a Rússia, se mudou para Praga e depois para a Ucrânia.

Casado e pai de uma filha, vive em Kiev de agosto de 2017 e trabalhou no canal de televisão ucraniano “ATR”.

Fonte:Exame

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © GUIA WEST - Sistema de Guia Comercial