Greve faz brasileiro antecipar ida ao mercado, diz pesquisa

São Paulo – Uma pesquisa realizada pela MindMiners, divulgada com exclusividade por EXAME, mostra que a greve dos caminhoneiros fez o brasileiro mudar alguns hábitos nos últimos dias para evitar que os bloqueios interfiram em suas rotinas.

De acordo com a sondagem online, que consultou 600 pessoas em todas as regiões do país, 42% dos entrevistados afirmam que já estocaram (ou pretendem estocar) alimentos e bebidas como forma de prevenção.

Outros 25% compraram combustível extra para abastecer seus veículos e 34% não tomaram nenhuma medida.

O levantamento também mostra que cerca de 18% demoraram mais tempo do que o normal para conseguir abastecer o veículo e que 7% não conseguiram chegar no trabalho.

A greve dos caminhoneiros pelo país chegou hoje ao quinto dia consecutivo – mesmo com acordo firmado com o governo federal na noite de ontem. Nesta sexta (25), o presidente Michel Temer informou que acionou as “forças federais de segurança” para desbloquear as estradas durante a paralisação.

Ele ainda disse que 12 reivindicações foram atendidas e que a categoria se comprometeu a encerrar os protestos, mas que uma “minoria radical tem bloqueado estradas e impedido que muitos caminhoneiros levem seu desejo de atender a população e fazer seu trabalho”.

Mesmo após o anúncio do emedebista, caminhoneiros em Mato Grosso afirmaram que não ficaram intimidados com o pronunciamento do presidente e continuarão parados até que as reivindicações sejam atendidas.

Fonte:Exame

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © GUIA WEST - Sistema de Guia Comercial