No Paraguai, ladrões roubam fuzis da polícia e deixam armas de brinquedo

São Paulo – 42 fuzis foram roubados do Departamento de Armamentos e Munições da Polícia Nacional do Paraguai, informou o site de notícias paraguaio ABC Color na última sexta-feira, quando caso veio à tona. O episódio vem sendo chamado pela imprensa local de “vergonhoso”.

O roubo aconteceu em Capiatá, cidade localizada a pouco mais de 20 quilômetros da capital Assunção, e só foi descoberto no último dia 20 de agosto, depois que um dos policiais conduzia uma vistoria e percebeu que os armamentos haviam sido substituídos por réplicas de plástico e madeira pelos ladrões.

Ver imagem no Twitter

ABC Digital

@ABCDigital

Roban 42 fusiles de guerra que estaban resguardados en un cuartel policial y lo reemplazan por réplicas de juguete.

Os fuzis, explica o site paraguaio, eram do modelo Fal e de procedência brasileira. De acordo com a imprensa local, os armamentos não estavam em uso, porém funcionavam perfeitamente. Acredita-se que as armas tenham sido contrabandeadas para o Brasil.

Contrabando de armas

De acordo com um levantamento divulgado pela Polícia Federal em janeiro, a maior parte das pistolas e dos revólveres usados pelo crime organizado no Brasil chegam ao país pelo Paraguai. Os armamentos do tipo fuzil apreendidos em território nacional são geralmente de origem americana, mas a rota de entrada no país é pela fronteira paraguaia.

Quase todas as unidades apreendidas no Brasil nos últimos anos chegaram por via terrestre, especialmente pelo Paraguai, passando pelos estados brasileiros do Paraná ou Mato Grosso do Sul e até chegar em São Paulo e Rio de Janeiro.

Fonte:Exame
Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © GUIA WEST - Sistema de Guia Comercial