Policiais morreram menos e mataram mais em intervenções em 2017

São Paulo – Os policiais brasileiros estão morrendo menos e matando mais, segundo dados do Anuário de Segurança Pública 2018, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Em 2017, o número de policiais (civis ou militares) que foram mortos caiu 4,9%, para 367 – ou seja, em média, um policial foi morto por dia no ano passado.

Por outro lado, o número de pessoas mortas em decorrência de intervenções policiais subiu 20%, para 5.144 – uma média de 14 mortos em intervenção por dia.

O estado em que a polícia mais matou foi o Rio de Janeiro. Foram 1.127 pessoas mortas em 2017, um aumento em relação ao ano anterior (quando foram 925 mortos por policiais).

Em seguida, aparecem os estados de São Paulo (940 mortos) e Bahia (688).

Policiais mortos

Os estados em que mais morreram policiais foram o Rio de Janeiro (104 policiais mortos); São Paulo (60); e Pará (37).

Do total dos policiais mortos em 2017, apenas 77 estavam em serviço; 290 foram mortos fora de serviço.

A taxa vem caindo desde 2013, segundo o Anuário de Segurança, com exceção da taxa entre 2015 e 2016.

2013 2014 2015 2016 2017
Policiais mortos em serviço 121 79 80 93 77
Policiais mortos fora de serviço 369 336 288 293 290
Total 490 415 368 386 367

Proporções

Apesar da diferença nos números, as mortes causadas por policiais ainda representam uma taxa pequena em relação ao total de mortes violentas ocorridas no país.

No Estado em que elas são mais significativas, São Paulo, a taxa é de 19%. Ou seja, de todas as mortes violentas no Estado, 19% foram causadas por policiais.

Fonte:Exame

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © GUIA WEST - Sistema de Guia Comercial