Trump ameaça vetar emenda bipartidária sobre imigração

Washington – O presidente dos Estados UnidosDonald Trump, ameaçou nesta quinta-feira vetar qualquer lei que inclua uma emenda bipartidária que proponha regularizar 1,8 milhão de jovens sem documentos conhecidos como “dreamers” (“sonhadores”) em troca de US$ 25 bilhões para a construção do muro na fronteira com o México.

Em comunicado, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, assegurou que se o presidente receber uma proposta legislativa que inclua as propostas dos legisladores democratas e republicanos, os assessores “o recomendarão a vetar”.

Para se tornar lei, uma proposta legislativa necessita a aprovação do Senado, da Câmara dos Representantes e a assinatura do presidente.

O acordo bipartidário foi apresentado na noite de ontem por um grupo de senadores de ambos os partidos e foi assinado por oito senadores republicanos, sete democratas e um independente.

A proposta inclui o tema dos “sonhadores” e do muro, o que cumpre dois dos quatro “pilares” que Trump tinha exigido para que o projeto receba o apoio da Casa Branca.

Os outros dois – não incluídos no pacto – são cancelar a “loteria de vistos para a diversidade”, que atribui 50 mil licenças de trabalho e residência ao ano a cidadãos de países com baixas taxas de migração aos EUA; e acabar com o atual sistema de reagrupamento familiar, conhecido pelos detratores como “migração em cadeia”.

O grupo de senadores que anunciou o acordo é liderado pela republicana Susan Collins e o democrata Joe Manchin, e inclui, entre outros, o ex-candidato democrata a vice-presidente Tim Kaine.

Fonte:Exame

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © GUIA WEST - Sistema de Guia Comercial