Venezuela rejeita advertências de sanções da União Europeia

Caracas – O Governo venezuelano rejeitou nesta quarta-feira a advertência da União Europeia (UE) de aprovar novas sanções contra o país depois da questionada eleição de domingo, na qual foi reeleito o presidente Nicolás Maduro.

A Chancelaria venezuelana emitiu uma nota na qual “rejeita categoricamente os termos do comunicado do escritório da Alta Representante para a Política Externa da União Europeia, Federica Mogherini, com relação às eleições”.

Mogherini denunciou ontem irregularidades neste pleito, no qual não houve participação de grande parte da oposição venezuelana por considerá-lo fraudulento e garantiu que os 28 “considerarão a adoção de medidas adequadas”.

Fonte:Exame

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © GUIA WEST - Sistema de Guia Comercial